Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro


Pages Navigation Menu

Culinária do rio Negro em foco

Dona Brazi, cozinheira da etnia Baré de São Gabriel da Cachoeira, que conquistou grandes chefs da gastronomia brasileira

Não tem como não gostar da nossa culinária. Quem já experimentou sabe que temos uma explosão de sabores, combinados com temperos e outros alimentos frescos e saudáveis que vem diretamente das nossas roças, floresta e rios. Até mesmo chefs famosos, já foram conquistados pelos sabores rionegrinos. Um deles éA2180-271 o chef Alex Atala, do restaurante D.O.M de São Paulo (eleito um dos melhores do mundo), já usa nossos temperos no seu restaurante , como a jiquitáia por exemplo.

Em São Gabriel da Cachoeira, o chef Salomão de Aquino do restaurante La Cave do Conde, também faz a fusão da culinária dos povos indígenas com comida brasileira e internacional. E ainda temos a quitutera Josefa de Andrade, mais conhecida como Dona Brazi, da etnia Baré, que também conquistou grandes chefes brasileiros com seu tempero especial rionegrino. Ela e Salomão de Aquino foram convidados em 2009  a participar do “Paladar”, o mais importante evento de gastronomia no Brasil, que é vitrine 920-548 das influências e tendências da culinária brasileira. A participação dos dois no evento foi de suma importância para mostrar ao Brasil que no rio Negro, a  comida dos povos indígenas tem muito sabor e cultura.

Veja abaixo um clipping com notícias sobre nossa culinária.

Chefs de cozinha visitam Alto Rio Negro como parte do “Ano da França no Brasil” (leia aqui)

Delícias de leitura (leia aqui)

As donas das receitas (leia aqui)

A culinária de um outro Brasil (leia aqui)

Trabalho de formiguinha (leia aqui)

Banquete de Índio (leia aqui)

Encantadora de Formigas (leia aqui)