Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro


Pages Navigation Menu

O que são as Narrativas?

São as histórias de origens dos nossos antepassados contadas em  diferentes versões pelos vários povos da região. Essas histórias são extremamente importantes e relacionam nossa vida cerimonial à vida cotidiana. Um claro exemplo disso, é a relação das narrativas com nosso território tradicional. Para nós indígenas do rio Negro, todo o território e seus elementos originaram-se da ação de seres primordiais, cujos feitos cristalizaram-se na forma de rochas, serras, praias, ilhas, cachoeiras, paranás entre outros.

Serra do Curicuriari retrata pelo artista desana Feliciano Lana. De acordo com as narrativas de vários povos do rio Negro, a Serra é uma das esposas de Basebó, o Gente Maniva, o deus da sustentabilidade que ensinou os povos a cultivar as roças.

As orientações dos rios ou dos elementos físicos que existem hoje estão explicados nas narrativas, na forma de um conjunto sucessivo de transformação, daqueles seres que habitaram o mundo desde o princípio. Os nomes dos lugares sagrados nas línguas nativas da região também são um registro desse conhecimento, pois a sua interpretação pode revelar entendimentos locais sobre a conformação das paisagens da região, assim como das suas propriedades invisíveis e dos cuidados necessários para habitá-las e usá-las.